Homem é preso em operação contra pornografia infantil na cidade de Altinópolis

Black Dolphin apura suspeitas de tráfico e exploração de crianças em vários Estados; confira a prisão realizada na região de Ribeirão Preto.

Um homem, que não teve o nome divulgado, foi preso em flagrante pela Polícia Civil de Altinópolis, nesta quarta-feira (25), suspeito de armazenar conteúdos relacionados a pornografia infantil em um computador de uso pessoal.

A detenção faz parte da Operação Black Dolphin, deflagrada em diversos Estados do País, como São Paulo, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro e Minas Gerais, e conta, também, com o apoio da Polícia Federal em alguns casos.

Na região de Ribeirão Preto, este mandado de busca e apreensão foi expedido e cumprido com sucesso ainda no período da manhã.  

Consta na nota de Altinópolis que, “durante buscas realizadas na casa do investigado, um dispositivo de informática contendo arquivos armazenados com conteúdo de pornografia infantil foi localizado, sendo o homem autuado em flagrante delito”.  

A Operação Black Dolphin também apura indícios de tráfico e exploração sexual de crianças e já teve desdobramentos confirmados.  

ACidade ON apurou que a ação foi iniciada em 2018, depois que as autoridades receberam a informação de que um tio pretendia vender a sobrinha para criminosos da Rússia.  

O nome, inclusive, é uma alusão a uma prisão russa – uma das mais temidas do mundo.

Please follow and like us:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

LinkedIn
Share